Actualidade

Está aqui

O centro comercial Portalloret a Espanha conta com separadores de hidrocarbonetos OLEOPATOR G (GRP) de ACO

29/05/2019
Em algumas zonas dos centros comerciais, como nos parques de estacionamento, a água, uma vez canalizada deve ir para um separador de hidrocarbonetos para que quando for para a rede de esgotos não seja contaminante. Para cobrir esta necessidade, o centro comercial Portalloret (Girona, Espanha) instalou separadores de hidrocarbonetos OLEOPATOR G (GRP) de ACO, fabricados no seu centro de produção de Maçanet de la Selva (Girona, Espanha).

O novo centro comercial de Lloret de Mar (Girona), batizado com o nome de Portalloret, destaca-se pela sua localização estratégica na avenida de las Alegrías, entrada principal do município. Foi inaugurado em finais de 2018 e é o maior centro comercial da Costa Brava (Girona). Ocupa uma superfície total de 19.281 metros quadrados distribuídos por dois pisos e um parque de estacionamento de 1.100 lugares. Os proprietários são Bon Preu e Nova Lloret SA. 

A construção deste centro comercial pretende contribuir para o desenvolvimento urbanístico do município e oferecer um comércio mais moderno, de qualidade e familiar com o objetivo de melhorar a oferta comercial na localidade e transformar-se num ponto de atração para o turismo de qualidade.

 
Separador de hidrocarbonetos OLEOPATOR G (GRP)

As zonas de estacionamento contam com separadores de hidrocarbonetos Oleopator – G GRP para instalações enterradas, de desenho vertical e fabricados em plástico reforçado com fibra de vidro (GRP) no centro de produção de Maçanet da Selva (Girona). São de fácil instalação e utilização, exigindo menos espaço. As águas residuais que contêm hidrocarbonetos chegam à câmara de separação que permite a extração e o armazenamento de águas residuais, óleos e outros líquidos para que não se misturem com as águas fluviais e acabem por ser contaminadas e não reutilizáveis. Estas instalações ficam enterradas e colocadas de forma discreta no parque de estacionamento de modo a permitir uma fácil manutenção operacional e despejo. Assim, a ACO responde às necessidades da empresa proprietária do centro comercial, muito consciente da conservação do meio ambiente e da paisagem envolvente, e consistente com a preservação do nível da qualidade das águas. 

Fotografia: Wenzel.